fbpx

Subscribe Now

* You will receive the latest news and updates on your favorite celebrities!

Trending News

Veja o que observar em uma revisão veicular antes de viajar!
Vistorias

Veja o que observar em uma revisão veicular antes de viajar!

Está querendo viajar com segurança e tranquilidade? Então, é melhor investir na revisão veicular, porque é uma forma de evitar que o automóvel apresente algum problema mecânico durante o passeio.

Independentemente da situação, é muito ruim ficar com o carro parado por causa de defeitos que poderiam ser evitados caso houvesse a manutenção preventiva. Por isso, vale a pena levar o veículo para uma oficina mecânica de confiança antes da viagem.

Neste post, abordaremos a necessidade de fazer uma revisão no veículo e os itens que devem ser levados em consideração durante esse procedimento. Confira!

Entenda o que é a revisão veicular

Basicamente, a revisão veicular consiste em uma análise sobre o atual estado do automóvel e tem como objetivo aumentar a vida útil de peças e acessórios. Isso contribui para o proprietário trafegar nas vias de maneira mais segura, o que é fundamental para reduzir os riscos de acidentes.

A revisão envolve uma análise de recursos necessários para o bom funcionamento do automóvel, como:

  • bateria;
  • câmbio;
  • cabos elétricos;
  • embreagem;
  • pneus;
  • suspensão.

No caso de quem viaja com frequência, esse procedimento é muito importante, pois um problema mecânico pode causar um acidente. Além disso, o veículo estará em melhores condições para enfrentar estradas com asfalto ruim e pistas em condições adversas em virtude da chuva, por exemplo.

Ao apostar na revisão periódica, torna-se viável antecipar os problemas e manter o veículo em perfeito estado para circular. Ficar sem um carro, por um longo período, é muito complicado, principalmente para os que têm filhos pequenos ou precisam viajar por motivos particulares ou profissionais.

Veja os itens que devem ser observados

A revisão veicular é um processo que deve ser feito com muito cuidado. Por isso, é importante o motorista estar ciente do que precisa ser analisado para constatar se o automóvel está em condições ideais para trafegar nas ruas e estradas.

Com o intuito de ajudá-lo nessa tarefa, detalharemos os itens que merecem uma maior atenção do proprietário. Acompanhe!

Motor

O motor é crucial para o bom funcionamento de um automóvel. Isso faz com que qualquer problema em um dos componentes desse equipamento possa resultar em uma pane, impedindo, por exemplo, o condutor de seguir viagem ou de resolver um compromisso profissional.

A recomendação é solicitar ao mecânico checar se existem vazamentos de óleo e do líquido de resfriamento. Essa medida contribui para avaliar a necessidade de troca de peças, evitando que o motor pare de funcionar de maneira repentina ou perca rendimento.

Vale ressaltar que os componentes do motor, em geral, são mais caros do que de outras partes de um veículo. Esse fator também justifica a necessidade de realizar uma revisão veicular periodicamente.

Pneus

Para manter a estabilidade do veículo, é bom ter um carinho especial com os pneus. O indicado é realizar um rodízio desses itens a cada 10 mil quilômetros rodados. Assim, o proprietário consegue um desgaste menos desigual deles.

Também é necessário fazer o alinhamento e o balanceamento para manter os pneus em um bom estado de conservação. Em uma pista molhada, esses itens precisam estar conservados adequadamente para que o risco de colisões seja reduzido.

O bom estado dos pneus também influencia o uso dos freios e o consumo de combustível do carro. Tenha como meta evitar que esse equipamento fique “careca”, pois isso torna a direção mais complicada e aumenta a possibilidade de acidentes.

Powered by Rock Convert

Causar danos ao próprio veículo e de outras pessoas por falta de cuidado com os pneus é algo que pode ser perfeitamente evitado, desde que você opte por realizar a revisão veicular com frequência.

Sistema de Transmissão

Deve-se ter muita atenção com esse item. Afinal, ele proporciona ao veículo as condições necessárias para a transformação da energia do motor em potência, viabilizando o movimento das rodas e consequentemente do carro.

Na revisão veicular, peça ao mecânico para avaliar os componentes do sistema de transmissão, que contempla a caixa de câmbio, a embreagem, o diferencial e o semieixo.

Essa postura é uma forma de minimizar os riscos de manutenções emergenciais, as quais são mais desgastantes em termos financeiros e emocionais para o motorista.

Freios

Não adianta ter um veículo com motor e pneus em perfeito estado se os freios estiverem com problemas de performance. Esse item é indispensável para a segurança do motorista e dos passageiros, pois tem como principal atribuição evitar acidentes.

Em alguns momentos, é necessário usá-los para não haver colisões e atropelamentos. Por distração, outro motorista ou pedestre pode agir de forma imprudente, obrigando um condutor a frear o carro de maneira repentina.

Além do óleo do freio, é preciso avaliar outros dispositivos importantes para reduzir a velocidade do veículo com eficiência, como o disco de freio, o freio de mão e as pastilhas. Todo o cuidado é vital para prevenir acidentes.

Sistema Elétrico

A revisão veicular também deve avaliar como está a parte elétrica de um automóvel. O mau funcionamento do sistema elétrico pode provocar problemas, como panes, perda de rendimento e incêndios.

A recomendação é verificar como a bateria e a alternador estão a cada seis meses. Assim, o proprietário terá mais tranquilidade ao dirigir e menos riscos de ter paradas imprevistas durante uma viagem com a família.

Água do Radiador

É um item que precisa ser analisado periodicamente, porque a falta de água no radiador é responsável pelo superaquecimento do carro. Além disso, é capaz de provocar defeitos que não poderão ser resolvidos com facilidade.

O ideal é manter a água do radiador no nível máximo ou próximo desse patamar. Para a verificação do volume de água ser devidamente realizada, deixe o motor frio para não haver riscos de queimaduras.

Óleo do Motor

Constatar o nível de óleo do motor é uma tarefa obrigatória de qualquer motorista. A ausência ou a quantidade excessiva desse item é responsável por problemas graves no veículo. Por meio de uma vareta de medição, é possível verificar se o nível está dentro dos padrões recomendados.

Essa verificação deve ser feita com o motor frio, porque é uma forma de minimizar eventuais erros na análise. Os proprietários também precisam evitar a mistura de óleo velho com o novo, porque isso afeta negativamente a performance do carro.

As velas, as luzes e os filtros (de combustível e de ar-condicionado) também precisam ser avaliados na revisão veicular. Quanto mais cuidado houver durante esse procedimento, menores serão as chances de conviver com problemas no carro.

Gostou deste post, mas ainda ficou com dúvidas sobre a revisão no automóvel? Deixe seu comentário. Sua participação é muito importante para nós!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *