fbpx

Subscribe Now

* You will receive the latest news and updates on your favorite celebrities!

Trending News

O que muda no seguro de carros usados e novos?
Veículos

O que muda no seguro de carros usados e novos?

Muitas dúvidas podem surgir ao optar pelo seguro de carros usados. Será que é a mesma coisa que o de carros novos? Ou existem diferenças importantes? Essas respostas pesam na hora de pôr na ponta do lápis e descobrir o que, de fato, compensa.

Para elucidar essas dúvidas, decidimos criar este post! Vamos contar a importância do seguro de automóvel e tudo o que você precisa saber sobre as diferenças entre os planos para carros usados e novos. O que está esperando para continuar a leitura com a gente?

Qual é a importância do seguro?

Ninguém quer deixar o seu patrimônio desprotegido, não é? O carro é um dos bens mais valorizados pelos brasileiros e também merece prevenções contra riscos comuns. A boa notícia é que vários deles são cobertos pelos seguros.

Em coberturas básicas, por exemplo, você pode considerar a indenização para casos de incêndios, alagamentos, granizos, raios e principalmente roubos. Com uma ocorrência a cada minuto, não dá para deixar a segurança de lado!

Dependendo do seu perfil, também é possível adquirir coberturas adicionais para o veículo, pagando um novo valor. Nesse caso, entram planos para partes específicas do veículo, carro reserva e responsabilidade civil.

O que fazer se o pior acontecer? O primeiro passo é emitir um boletim de ocorrência. Ao fazer isso, a seguradora exige alguns documentos para o reembolso. Basta enviá-los e, em até 30 dias, a indenização é paga.

Powered by Rock Convert

Quais são as diferenças entre os seguros de carros usados e novos?

Em teoria, as coberturas do seguro de carros usados e novos são iguais. Isso significa que os riscos cobertos são os mesmos. Na prática, a principal mudança entre as duas formas de seguro é o valor pago de acordo com o carro.

Como assim? Carros antigos costumam dispor de gastos maiores com manutenção e peças de difícil acesso. A razão para isso é a idade do veículo: em alguns casos, o carro já deixou de ser fabricado — o que piora a situação.

Essa diferença costuma ficar maior em carros com mais de dez anos. O valor do seguro, nesses casos, pode chegar a faixa dos 15% do preço do veículo. No entanto, não leve esse percentual como regra absoluta. Existem outros fatores que influenciam o valor, como o índice de roubos.

Embora o valor acompanhe a passagem dos anos, vários carros seminovos contam com seguros mais baratos que os de veículos novos. Nesse caso, optar por um carro de anos anteriores pode ser uma boa opção para você.

A escolha do seguro de carros usados e novos influencia muito o custo-benefício do plano. O ideal é considerar esse fator ao analisar os preços na tabela Fipe ou quando trocar de carro. Mas lembre-se de que existem outros fatores que influenciam o preço do seguro: o modelo do veículo, local de residência, histórico de ocorrências, uso do carro etc.

O que acha de aprender ainda mais sobre como garantir a segurança do seu automóvel? Então, leia também nosso post sobre como evitar veículo adulterado!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *