Rastrear veículo pela placa: veja em quais casos é possível

rastrear veiculo pela placa
6 minutos para ler

A placa, assim como o CRLV, representa a identidade do veículo e revela informações como ano, país de origem, fabricante, local de fabricação e por aí vai. No entanto, você sabia que é possível rastrear veículo pela placa?

O recurso pode ser usado em várias situações diferentes — desde em casos de problemas com o carro até pesquisas para descobrir sua procedência. Isso faz com que você saiba muito mais além de marca e modelo.

Quer saber como isso funciona? Decidimos contar para você, explicando as razões pelas quais você deve optar por esse tipo de rastreamento e como fazê-lo. O que acha de continuar com a gente neste post?

Por que fazer esse tipo de rastreamento?

Você já ficou com uma pulga atrás da orelha na hora de comprar um carro usado? A dúvida sobre sua procedência é comum e a localização pela placa pode ser útil. Não só isso — a preocupação também pode surgir ao ver um veículo suspeito na rua.

É justamente graças à possibilidade de esse tipo de rastreamento ser feito que ouvimos a recomendação de anotar a placa de um carro quando vemos alguma ação criminosa. As autoridades conseguem fazer a consulta apenas com essa informação.

No entanto, caso você mesmo queira fazer a pesquisa, vai precisar de outras informações além das letras e números da placa. O Detran da maioria dos estados vai exigir o código Renavam — seus nove dígitos também revelam dados importantes.

Ainda, existe a possibilidade de fazer o rastreamento por meio de dispositivos eletrônicos. Nesse caso, não é o histórico do veículo que é rastreado — e sim, sua localização geográfica. A tecnologia usa GPS ou radiofrequência.

Quais são as vantagens de usar um rastreador? 

O rastreador permite saber a localização do carro de forma ágil. As informações, muitas vezes, são disponibilizadas diretamente no smartphone. Existem várias vantagens no aparelho, como você vai ver a seguir.

Reduz o valor do seguro

As seguradoras costumam apresentar desconto para os veículos que contam com rastreadores. Isso porque a base de cálculo que a seguradora usa leva em conta o risco envolvido no bem segurado — sendo menor em carros com rastreador.

Aqui, a burocracia ainda é menor, já que a necessidade de traçar o perfil do motorista é dispensada. Em alguns casos, as próprias seguradoras fornecem o dispositivo. Nesse caso, você precisa se atentar a alguns detalhes.

Existem seguradoras que deixam nas mãos dos clientes a escolha de usar rastreadores na hora de contratar o plano de seguros. Outras, tem isso como obrigatoriedade — principalmente quando o modelo conta com altos índices de roubo e furto.

Maior chance de recuperação do veículo

Os rastreadores ajudam na recuperação do carro pelas centrais de rastreamento, facilitando o trabalho da polícia. Qual a utilidade disso? Pense da seguinte forma — o Brasil conta com uma taxa de crimes altíssima, não é? No país, um carro é roubado a cada minuto.

O uso do equipamento aumenta a taxa de recuperação em 90%, se o problema for comunicado rapidamente. A recomendação é tentar informar o roubo logo na primeira hora após o ocorrido.

Isso também serve para as pessoas que trabalham com transportadoras de cargas. A criminalidade nesses casos é igualmente grande e as soluções tecnológicas fazem o monitoramento e o bloqueio do veículo.

Pode ser feito via smartphone

O rastreamento celular é uma opção simples e permite que você localize o carro por meio de um software no próprio smartphone. A localização é retransmitida e atualizada periodicamente.

Geralmente, esse serviço conta com uma taxa mensal e faz uso de APIs com a função mapa, existente na maioria dos celulares. A funcionalidade não serve apenas para ocorrências criminosas — é possível compartilhar a localização para acompanhar com segurança o transporte de familiares, por exemplo.

A grande vantagem aqui é o fato de a solução ser simples e dispensar o uso de tecnologia mais avançada e robusta. Os aplicativos de rastreamento funcionam até nos hardwares mais modestos.

Como rastrear o carro pela placa?

O rastreamento pela placa é diferente do feito por dispositivo eletrônico e permite obter informações sobre procedência, placas clonadas e antigos proprietários, como você vai ver ao longo dos próximos tópicos.

Acesse o site do Detran

Cada estado conta com seu próprio site do Detran. Ainda assim, os portais são parecidos, com informações sobre habilitação, infrações, consulta de pontos, regularizações, calendários, notícias e por aí vai.

Para descobrir qual é o site para sua região do país, basta digitar o endereço com a sigla do estado no final. Por exemplo, o endereço do Detran de São Paulo é “www.detran.sp.gov.br”, compondo a URL com a sigla “SP”.

O próximo passo é ir à área de consulta de veículos. O layout de cada estado varia, não há regra nesse caso. Em alguns sites, existe uma barra de pesquisa no topo. Você pode pesquisar pela área de consulta lá.

Insira os dados do carro

Essa é a etapa onde a página vai exigir algumas informações do automóvel, como marca, modelo e código Renavam. Os dados variam em cada estado — alguns Detrans exigem apenas a placa do carro.

O Renavam é importante por revelar muitas informações sobre o histórico do carro, como modelo, ano, chassi, cor, débitos e multas. Em alguns casos, você pode ter acesso até a outros códigos, como a numeração do chassi.

Onde se encontra esse código? No documento de licenciamento, chamado de “CRLV”. O código fica no topo e é uma das primeiras informações no papel. Basta inserir a informação e confirmar os dados.

Como você viu, o processo para rastrear veículo pela placa é simples e exige poucas informações sobre o carro. Ainda assim, é importantíssimo para garantir sua procedência na hora de fazer a troca. Não se esqueça de que os documentos também podem ser falsificados e muita coisa pode passar despercebida. Por isso, o ideal é exigir uma vistoria na hora da compra, sempre em empresas credenciadas.

E você? O que achou de aprender sobre a localização pela placa? Se este conteúdo foi útil, compartilhe-o nas redes sociais para que seus amigos também fiquem por dentro!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.