fbpx

Subscribe Now

* You will receive the latest news and updates on your favorite celebrities!

Trending News

Você sabe o que é CRLV? Confira 7 informações sobre o tema!
Veículos

Você sabe o que é CRLV? Confira 7 informações sobre o tema!

“Preciso tirar o licenciamento do carro.” Certamente você já ouviu alguém falar isso. Manter qualquer documentação veicular em dia é muito importante para evitar dores de cabeça. Se você possui ou já possuiu um veículo, sabe muito bem disso.

Entre tantos documentos, é fácil confundir-se, mas existe um que, por ser obrigatório, é primordial: o CRLV. Diante de tantas siglas, muitas pessoas acabam se desorientando. Uma dúvida normal é compreender o que é CRLV e o que é CRV, dois documentos distintos. Vamos esclarecer isso ao longo do texto, além de trazer várias informações importantes. É só continuar a leitura!

1. O que é CRLV?

A sigla parece complicada, mas o significado é bem simples: Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo. Conhecido, popularmente, como licenciamento veicular, ele autoriza a circulação do automóvel pelas ruas.

Então, além do motorista ter a comprovação da capacidade de dirigir, por meio da CNH (Carteira Nacional de Habilitação), também é preciso que o veículo em sua posse esteja regular. Essa é a função do CRLV.

2. O que consta no CRLV?

O CRLV funciona como um registro de informações. Por meio dele, pode-se consultar dados importantes sobre o proprietário e as características do veículo, como:

  • número da via do CRLV: útil para os casos de perda, facilitando a solicitação de um novo documento;
  • Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores): um código de onze dígitos que funciona como um RG;
  • nome completo, CPF ou CNPJ do proprietário: informações do indivíduo que possui o carro.
  • marca, modelo, ano de fabricação, cor: informações sobre o veículo, que devem ser atualizadas, por exemplo, caso ocorra mudança na cor do automóvel.

3. Como obter o CRLV?

O processo de emissão desse documento envolve algumas taxas, como em boa parte dos casos. Para isso, você vai precisar estar em dia com vários débitos do carro, que incluem:

  • DPVAT (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre), conhecido como seguro obrigatório;
  • IPVA (Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores);
  • multas e outras pendências.

A própria emissão do documento também envolve um custo, você deve pagar a taxa de renovação de licenciamento, um valor que varia de acordo com a região. Em geral, fica entre R$ 80 e R$ 200.

Para efetuar o pagamento, basta ir a um caixa eletrônico ou agência bancária. Você também pode fazer o pagamento pela internet, sempre informando o código Renavam. Cada estado e placa tem um prazo específico, portanto, vale ficar de olho nas datas da sua região.

4. Qual a diferença entre CRLV e CRV?

Embora as siglas sejam parecidas, os documentos são um pouco diferentes. O CRV é o Certificado de Registro do Veículo e também é uma autorização para o automóvel. Quando um carro novo é comprado, esse registro é uma das primeiras operações que são feitas.

A principal diferença entre esses documentos é a validade. Enquanto o CRLV precisa ser renovado anualmente, o CRV não conta com vencimento.

Powered by Rock Convert

Outra diferença está no porte. O CRLV é de porte obrigatório, ou seja, você vai precisar levá-lo sempre que circular com o carro. Já o CRV tem apenas a posse como obrigatoriedade. A melhor recomendação, nesse caso, é deixá-lo guardado em casa.

5. O que é CRLV-e?

O termo “papéis”, quando usado em referência a documentos, está cada vez mais figurativo. Existe uma tendência para que alguns passem a ser digitais. É o que está acontecendo com a versão impressa do CRLV, que tem sido substituída pela versão digital, conhecida por CRLV-e. Você pode fazer uma cópia impressa em sua casa, mas a emissão é efetuada em ambiente virtual.

O CRLV-e é gerado a partir de um QR Code, emitido pelo Denatran, e é consultado via Smartphone. Basta fazer o download do aplicativo em lojas digitais, como Google Play e Apple Store. A partir dessa etapa, o procedimento se torna mais simples.

Você vai realizar o cadastro, ativar a conta via e-mail e validar com o uso de um certificado digital. Nessa etapa, você pode usar o código de segurança. Com a chave de acesso, é possível adicionar digitalmente os documentos. Parece complicado, mas, na verdade, a emissão de documentos digitais veio para facilitar.

6. Como evitar fraudes?

A adulteração do CRLV é uma das várias fraudes que podem ser feitas na hora da compra e venda de veículos, e você já vai entender o porquê.

Em algumas sedes do Detran, há cédulas não preenchidas de CRLVs, conhecidas como espelhos. Quando esses espelhos são desviados, é possível falsificar dados com base nas informações de veículos clonados. A falsificação é quase imperceptível para o consumidor comum, mas pode ser detectada em simples serviços de vistoria.

A busca pelos dados no documento não revelaria irregularidades, já que são de veículos autênticos. Portanto, para evitar esse tipo de problema, sempre opte pela análise feita por técnicos especializados e experientes no assunto.

7. Qual é a importância do porte obrigatório?

Se o porte é obrigatório, o que acontece se você não apresentar o documento? A resposta varia, pode ocorrer desde multa até a retenção do veículo. O ponto principal do porte obrigatório é a evidência da autorização para circular com o automóvel.

Esse documento também mostra que o proprietário não tem problemas com os órgãos governamentais, isso inclui restrições judiciais. Se estiver irregular, ocorrem interferências no processo de compra e venda do veículo.

Saber o que é CRLV é importante para manter seu automóvel regular e não ter problemas em negociações. Entender seu conteúdo e a diferença entre ele e outros documentos é estar bem informado, o que ajuda na tomada de quaisquer ações que envolvam o seu veículo. Se você ainda tem receio de cair em uma fraude ou quer ter mais segurança para adquirir ou vender um carro, pode realizar uma vistoria cautelar ou prévia. Essas práticas são úteis na hora de contratar serviços de seguro ou comprar um novo automóvel.

Que tal realizar sua vistoria em parceria com uma ECV (Empresa Credenciada de Vistorias), que valoriza o bom atendimento e a qualidade dos serviços? Entre em contato com a gente!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *