fbpx

Subscribe Now

* You will receive the latest news and updates on your favorite celebrities!

Trending News

7 pontos principais para uma boa manutenção de carros usados
Veículos

7 pontos principais para uma boa manutenção de carros usados

Você já deve ter escutado por aí que carro usado é aquele com 4 a 8 anos de uso, certo? E isso é verdade — os veículos com até 3 anos de uso são considerados seminovos. Pois bem, como a tarefa de negociar automóveis requer cuidados, preparamos este post com 7 pontos principais para uma boa manutenção de carros usados.

Ficou interessado em saber quais itens requerem mais atenção na hora daquela revisão? Então, confira tudo em nosso artigo!

1. Amortecedores

Os amortecedores são um dos itens que precisam ser verificados durante a manutenção de carros usados. Eles pertencem ao sistema de suspensão do automóvel, e você deve conferir se eles precisam ser trocados ou não.

Em média, os amortecedores duram aproximadamente 30 mil quilômetros. No entanto, dependendo da via em que você anda com o automóvel, esses itens podem ter seu tempo de vida útil reduzido.

2. Motor

Outro item que é de grande importância e merece destaque em nossa lista é o motor do automóvel. Você deve fazer a manutenção uma vez por ano ou a cada 10.000 km. Verifique se precisa trocar o óleo e os filtros de combustível. Além disso, não se esqueça de outros itens, como as velas de ignição, a correia dentada e os cabos.

A troca desses itens pode ser feita em casa. Entretanto, é preciso ter atenção ao descarte de óleo e fluido de arrefecimento, que não pode ser feito na rede de esgoto.

Já para trocar a correia dentada, por exemplo, é necessário ter conhecimento mais apurado do funcionamento do motor, pois, se o item for instalado de maneira incorreta, pode afetar a ignição e provocar várias falhas no funcionamento do veículo.

Também, caso o veículo esteja com a manutenção em dia, mas, mesmo assim, você note falhas no motor ou consumo elevado de combustível, o primeiro item que deve ser verificado é o combustível, pois ele deve ser de qualidade.

Não se esqueça de que o combustível ruim contamina o óleo lubrificante, as velas de ignição e os bicos injetores, fazendo com que o carro não pegue ou “engasgue”. Também pode ocorrer de um ou mais componentes estarem incorretos ou com defeito. Nesse caso, você deve revisar todos os sistemas até encontrar o problema.

3. Embreagem

A embreagem também deve ser verificada durante a manutenção de carros usados. Para isso, você deve fazer um teste para identificar se ela precisa ser substituída. O teste consiste em andar um pouco com o automóvel para frente, parar e contar até três.

Em seguida, você deverá engatar a ré. Se a embreagem não arranhar, ou seja, se não fizer um ruído diferente, ela estará boa. Caso contrário, terá que ser trocada. Além disso, você deve prestar atenção aos seguintes problemas:

Powered by Rock Convert
  • pedal duro: se, ao pisar no pedal, ele estiver duro, é sinal de que existe um desgaste da embreagem e é hora de trocá-la;
  • automóvel saindo rápido: quando o veículo se movimenta com o pedal muito próximo do assoalho, isso pode ser falta de ar no sistema hidráulico ou problemas com a regulagem do cabo, nos casos de automóveis com cabo;
  • trepidação: o carro trepidando também é sinal de problema. Isso significa que existe um empenamento do platô ou do disco.
  • carro patinando: quando você sobe uma ladeira e sente que o carro perdeu a força, a rotação do motor vai lá em cima. Isso significa que a sua embreagem está desgastada ou queimada.

4. Sistema de freios

O sistema de freios é muito importante para a segurança do automóvel. Portanto, ele precisa estar sempre em bom estado, para não sofrer desgastes. Por isso, a manutenção desse sistema em qualquer veículo — principalmente nos usados — deve ser constante. As pastilhas, os discos e os tambores precisam passar por uma revisão a cada 10 mil quilômetros rodados.

Já a parte de fluido de freio deve ser trocada pelo menos uma vez por ano. Mas como saber se o freio está ruim? Sempre que você acionar o pedal, observe se há algum sinal de barulho metálico. Se isso ocorrer, é porque as peças do automóvel se desgastaram a tal ponto que as partes metálicas se encostam quando você freia o veículo.

Portanto, nunca espere ouvir esse barulho para realizar a manutenção do sistema. Ele indica que há necessidade de trocar as pastilhas de freio e que o automóvel corre o risco de pane.

5. Filtro de combustível

Outro item que precisa ser verificado é o filtro de combustível. Ele mantém o motor limpo e evita que a sujeira passe do tanque de combustível para o motor. Por isso, é importante que ele esteja em boas condições de uso. Dessa forma, fique atento para realizar a troca entre as marcas de 10 mil e 15 mil quilômetros.

6. Pneus

Você também deve fazer a manutenção dos pneus. É que algumas situações de uso podem causar desgastes, como passar em um buraco na via ou até mesmo se você encostar com o automóvel em uma calçada.

A dica para os pneus é sempre procurar sinais de bolhas ou rasgos. Também é preciso ficar atento a seu estado de uso, evitando que fiquem “carecas”. Ainda como uma boa prática de manutenção, você deve calibrar os pneus e colocar o nível correto de ar. Faça isso pelo menos a cada 15 dias. Se os pneus rodarem com pressão incorreta, poderão sofrer alguns danos.

7. Sistema de arrefecimento

O sistema de arrefecimento é responsável pela manutenção da temperatura do motor. Ele evita o superaquecimento do automóvel. É importante que, a cada 30 mil quilômetros rodados, se faça a limpeza do radiador e do reservatório de expansão. Também é necessário trocar o líquido de arrefecimento.

Outro detalhe que deve ser observado é a condição da bomba d´água, da válvula termostática e das mangueiras. Elas devem estar em um bom estado de conservação. Quando você acompanha a manutenção de carros usados, tem a garantia da segurança e economia do veículo.

Além disso, mantendo o carro em um bom estado, você consegue ter uma boa avaliação para a venda. Afinal, é preciso lembrar que as pessoas procuram automóveis mais conservados, não é verdade?

Viu como é importante ficar atento à manutenção de carros usados? Agora que você já sabe quais itens verificar, ficará mais fácil cuidar do automóvel usado, não é verdade?

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe-o em suas redes sociais e informe seus amigos sobre o assunto!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *