fbpx

Subscribe Now

* You will receive the latest news and updates on your favorite celebrities!

Trending News

Como calcular o IPVA para carro usado?
Veículos

Como calcular o IPVA para carro usado?

Ao trocar o veículo, o motorista não precisa levar em consideração apenas o preço. Também é importante pôr na ponta do lápis fatores como o custo anual, a manutenção e os impostos. Mas, você sabe como calcular o IPVA para carro usado?

Se você tem essa dúvida, saiba que a conta varia de acordo com a idade do carro. Continue com a leitura para entender quais são os pontos que exatamente influenciam esse valor.

Quais são as diferenças entre o IPVA de carros novos e usados?

O cálculo do IPVA não é tão simples e pode variar bastante. A alíquota se traduz em uma porcentagem do preço do veículo, por isso, o imposto é proporcional — mais alto em carros mais caros e baixo em carros baratos.

O IPVA dos veículos novos é baseado no preço real de venda, registrada nos documentos fiscais. Em carros usados, a conta usa como referência o valor médio do mercado — em publicações como a tabela FIPE.

A única exceção é o veículo usado importado. Nesse caso, o cálculo leva em conta o valor que consta do Documento de Desembaraço Aduaneiro, comprovando sua liberação para entrada no país.

O que influencia o valor?

O primeiro ponto a ser considerado na hora de pensar o IPVA é sua variação em cada estado do país. As menores alíquotas são cobradas no Acre, Espírito Santo, Mato Grosso, Rondônia e Tocantins, mantendo-se na faixa dos 2%. As maiores se encontram em São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, chegando a 4%.

Powered by Rock Convert

A alíquota para caminhões e ônibus é menor, em 1% na maioria dos casos. Se o veículo for de motoristas profissionais, ainda é possível obter a isenção (no caso de taxistas, mototaxistas, ônibus fretados e automóveis usados para transporte escolar).

O ano também influencia! Se o carro tiver mais de 10 anos, o proprietário pode conseguir o benefício em alguns estados.

Como calcular o IPVA para carro usado?

O cálculo do IPVA é simples e não exige grandes noções de matemática — apenas multiplicação e porcentagem. Basta identificar o modelo e o ano do carro, buscando-os na tabela FIPE.

Vamos supor que você queira avaliar o valor do imposto de um veículo que custe cerca de R$ 46.963,00 no estado de São Paulo. Nesse caso, é preciso multiplicar o preço pela alíquota de 4% em sua forma centesimal: 0,04. O resultado seria 1.878.

Como você viu, o IPVA para carro usado deve ser considerado na hora de analisar o quanto o veículo pesa no seu bolso. O cálculo é bem intuitivo e só exige uma certa atenção aos valores da tabela FIPE.

Existem vários fatores, além dos impostos, que você vai precisar conferir na hora de trocar de carro. Fique de olho, por exemplo, na depreciação, no estado de conservação e na documentação do veículo.

Ainda não sabe qual modelo escolher? Então, confira o post que fizemos sobre os carros seminovos mais vendidos!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *