fbpx

Subscribe Now

* You will receive the latest news and updates on your favorite celebrities!

Trending News

Documentos veiculares: conheça os 5 principais e a sua importância
Veículos

Documentos veiculares: conheça os 5 principais e a sua importância

CRLV, CRV e CNH. São tantas siglas que até gera confusão, não é mesmo? Fato é que elas dizem respeito aos vários documentos veiculares. Mas você sabe quais são os mais importantes? Decidimos resolver esse mistério para você!

Neste post, você vai ver quais documentos não pode deixar de ter, como eles são obtidos, qual é a importância de cada um, além da razão pela qual é crucial mantê-los atualizados. Vamos lá?

1. CRV

O Certificado de Registro do Veículo é um documento necessário na hora de transferir o automóvel para um novo proprietário e também é chamado de recibo do veículo. A recepção acontece na compra de um carro zero-quilômetro e é entregue na hora do emplacamento.

O documento informa as especificações, como código Renavam, informações do proprietário, placa, chassi, tipo, marca, ano de fabricação e por aí vai. Sem esse registro, a venda do veículo se torna irregular.

O CRV não tem prazo de validade. Por isso, se o carro for antigo, o CRV será mantido. No entanto, há exceções para essa regra — customizações e mudanças de residência vão exigir a emissão de um novo documento. Você também pode solicitar uma segunda via caso o original seja perdido.

Em alguns lugares do país, o CRV é chamado de DUT. Essa é a sigla para Documento Único de Transferência e é uma nomenclatura mais antiga para o mesmo comprovante. A mudança aconteceu quando o Detran implementou o sistema Renavam.

E o que isso significa? De forma geral, Renavam, ou Registro Nacional de Veículo, é um código numérico de 11 dígitos usado para identificar o histórico do veículo desde sua fabricação. Por meio dele, você tem acesso a dados sobre multas, licenciamento, pendências e algumas outras coisas. Também é possível usá-lo para pagar o IPVA.

2. CRLV

O Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo é um dos documentos veiculares de porte obrigatório e é popularmente conhecido apenas como licenciamento. Diferentemente do CRV, o CRLV conta com um prazo de validade que precisa ser considerado.

O CRLV não é necessário apenas na hora de dirigir o veículo — o documento também é importante na hora de vendê-lo. As pendências de licenciamento precisam ser quitadas para que a transação possa ser feita.

Para conseguir o documento, você vai precisar cumprir alguns pré-requisitos, como ter pago IPVA, seguro DPVAT e multas de trânsito. Também é preciso pagar a taxa de renovação de licenciamento para emitir o documento, além de ter os dados cadastrais de endereço atualizados.

O documento ainda garante que as modificações no veículo são regulares. Seu pagamento é feito em bancos, de preferência que tem convênio com o Detran. Depois, basta aguardar o recebimento do CRLV na sua própria casa.

3. Certidão de pagamento do IPVA

A Certidão de Pagamento do IPVA é um documento necessário na hora de vender o veículo, pois certifica a não existência de pendências em relação aos impostos. O IPVA é anual e varia de acordo com o valor venal do carro.

Powered by Rock Convert

A emissão e a validação desse documento podem ser feitas pela web, por meio dos portais do governo destinados a isso. Você só vai precisar informar a placa e o código Renavam.

Esse certificado também serve para quem pagou o imposto fazendo uso da Guia de Recolhimento do IPVA e perdeu o comprovante original da contribuição.

Caso você queira consultar e emitir um boleto, vai precisar acessar o site do Detran do seu estado e emitir o DAE (Documento de Arrecadação do Estado), informando também o chassi do veículo, assim como a placa e o Renavam

4. CNH

A Carteira Nacional de Habilitação é o mais importante e conhecido entre os documentos veiculares para qualquer um que pensa em dirigir um veículo, já que comprova as condições do motorista para conduzi-lo.

A obtenção vem por meio de aulas, testes e provas. Embora existam várias categorias, o condutor de carro comum deve ser habilitado na categoria B. As exigências são simples — basta ser alfabetizado e ter completado 18 anos.

Antes de receber a CNH, o motorista recebe a PPD. E o que isso significa? Trata-se da Permissão para Dirigir, isto é, uma habilitação provisória com critérios mais rígidos de acúmulo de pontos e gravidade das infrações.

Esse é um documento que precisa ser renovado a cada cinco anos, já que a lei julga que o motorista passa por mudanças importantes nesse período. A não renovação pode levar ao pagamento de multas e o acúmulo de pontos na carteira

5. Seguro DPVAT

O seguro DPVAT é obrigatório e serve para indenizar as vítimas de acidentes de trânsito. A maior parte da renda arrecadada é convertida para o atendimento e a indenização das pessoas envolvidas nesses casos.

O resto é direcionado a programas de prevenção de acidentes. A cobertura vai para casos de despesas médicas, invalidez e morte, tendo prazo para solicitação de até três anos. Sem o pagamento do seguro, você não pode licenciar o veículo ou envolvê-lo em uma transação.

O valor é fixado pelo CNSP e pode ser parcelado em 3 vezes, por estados que permitem o parcelamento do IPVA. Nesse caso, as datas de vencimento vão coincidir com as do imposto.

A exceção é para os donos de ônibus e micro-ônibus. E se o veículo for isento de IPVA, a data de pagamento do licenciamento é a que vai coincidir com o seguro. Não se esqueça de que pedestres e ciclistas também podem ser indenizados, mesmo que não contribuam.

Conhecer os principais documentos pode ajudar muito na hora de vender um veículo, de saber a procedência de um seminovo na compra e ainda de garantir que não há problemas com a lei. Lembre-se de prestar muita atenção nos documentos veiculares quando for fazer a transação. Isso porque eles também podem ser fraudados, o que exige uma boa dose de atenção e cuidado.

E você? Tem algum amigo que não conhece os principais documentos veiculares? Então, compartilhe este post nas suas sociais para que ele também fique por dentro!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *